top of page
logoPPVBprpetohor.png

Saiba os benefícios do Banho de Floresta - Terapia da Floresta

Por Helen Pomposelli


A medida que a vida ficou incrivelmente acelerada e esterilizada, muitos de nós ficamos desconectados da natureza e de nós mesmos, como se faltasse algo importante. Há muito tempo é sabido que conviver com a natureza, especificamente com as árvores de uma floresta, tem um efeito calmante, mas foi apenas na última década que os resultados científicos consistentes e revisados por especialistas deram importância a esse método de medicina preventiva, levando ao uso do termo " Banho de Floresta" ou " terapia da floresta".



Os resultados indicam aumento no bem-estar mental, melhora o sistema imunológico e redução do estresse, frequência cardíaca e pressão sanguínea.


Banho de Floresta é uma terapia relativamente nova, originada nos anos 80 no Japão, ( termo cunhado em 1982 pelo diretor geral do Ministério da Agricultura, Florestas e Pescas no Japão, Tomohide Akiyama ) e que agora foi comprovada cientificamente, legitimando algo que, no fundo, sempre soubemos: as árvores podem nos curar.



Os exercícios do Banho de Floresta tem esses efeitos não só devido á atmosfera calma e ao exercício suave, como às interações com as árvores. Um estudo descobriu que , após um banho de floresta, os sujeitos da pesquisa apresentaram números significativamente e maiores de suas taxas de um tipo de linfócito que aumenta as defesas do sistema imunológico contra o vírus e cânceres, um efeito que se estendeu por sete dias após a experiência. Outros estudos sugeriram que a melhora no sistema imunológico acontecia, em parte, como resultado a exposição ás fitoncidas, substâncias emitidas por plantas e árvores.


Imagem tirada durante o Banho de Floresta com Helen Pomposelli

Lições da Floresta


* Deitar de barriga para cima no chão de uma floresta e olhar para o céu e as copas das árvores;

* Deitar de barriga para baixo no chão de uma floresta e sentir o cheiro da terra e o pulsar de dentro da terra;

* Ouvir o som dos pássaros e se conectar com a sua presença no ambiente com todos os sons ao seu redor;

* Lavar as mãos num riacho ou numa nascente sentindo a temperatura e a energia desse elemento.

* Fazer um exercício de silêncio por alguns minutos dentro da floresta;

* Encontrar seu próprio ritmo e se aprofundar na conexão com a natureza;


Imagem tirada durante o Banho de Floresta com Helen Pomposelli


PER VIVERE BENE


Comments


Revista Per Vivere Bene

bottom of page