top of page
logoPPVBprpetohor.png

Plant Based: Le Cordon Bleu lança curso inédito com a chef Tati Lundi como embaixadora

Tendência mundial, quem segue a dieta alimentar Plant Based ingere apenas fontes vegetais e os alimentos são consumidos in natura, em sua forma mais natural, ou seja, com o mínimo de processamento. A ideia por trás desse conceito é de que, quanto mais naturais, melhor preservadas serão as características nutricionais dos alimentos. Assim, a preferência também é por itens integrais e orgânicos. Além de reduzir de forma significativa a ingestão de aditivos químicos, como corantes, conservantes e saborizantes artificiais, a dieta plant based promove uma série de benefícios à saúde.


Quem segue esse estilo de alimentação, tem inúmeras vantagens de saúde, pois sempre procura aproveitar todas as partes do alimento como o caule, folhas, cascas e raízes que sempre são desperdiçados e é o que faz com que a dieta plant based seja mais sustentável e produza uma quantidade menor de resíduos. Mas engana-se quem imagina que os adeptos do estilo de alimentação plant based consomem apenas vegetais crus. No seu cardápio, pode conter vegetais de todos os tipos, folhosos ou não, cereais integrais, como arroz, quinoa, milho, aveia e trigo, leguminosas, como feijão, grão-de-bico, lentilha e ervilha;

sementes diversas, como gergelim e chia; oleaginosas, como castanhas, nozes e amêndoas;

e cogumelos.


No Rio de Janeiro, a maior e mais importante escola da gastronomia do mundo, a Le Cordon Bleu, lança o programa Diplôme Plant Based. A formação alinha técnicas culinárias tradicionais com ingredientes à base de plantas, vegetais, leguminosas, entre outros.


O curso que é inédito na unidade Le Cordon Bleu do Rio de Janeiro, possui fundamentos do programa da instituição em Londres. Com o aumento da população vegana em todo o mundo e, consequentemente no Brasil, o curso se faz mais do que necessário. Segundo última pesquisa realizada pelo Ibope, encomendada pela Sociedade Vegetariana Brasileira, os adeptos da alimentação vegetariana somam 30 milhões no país, equivalente a 14% da população brasileira. A entidade ainda estima que desse total, cerca de 7 milhões sejam veganos (3,2% da população), aqueles que não consomem nenhum produto que tenha origem de proteína animal. A renomada Chef Tati Lund, que é referência na área e está à frente do .Org Bistrô, foi eleita embaixadora do programa pela instituição. O objetivo do Diploma em Artes Culinárias Plant Based é preparar os alunos de acordo com o padrão nacional de aptidões profissionais e industriais, a fim de adquirir atitudes e conhecimentos associados às técnicas gastronômicas do segmento e desenvolver valores relacionados para trabalhar como profissional na indústria comercial, cozinhas comerciais, hotéis e restaurantes. Além de aplicar habilidades modernas para conceber e implementar menus contemporâneos que se concentrem na cozinha vegana. O Diplôme Plant Based visa desenvolver a capacidade do estudante para seguir os procedimentos de higiene, saúde e segurança no local de trabalho e contribuir para a eficácia de suas equipes. O curso também tem como foco qualificar o aluno, através da aplicação de diversas aptidões à escrita de métodos de receitas por meio de termos culinários e conhecimentos de ingredientes. O estudante poderá ainda exercitar variedades de mecanismos de ensino, incluindo demonstração, prática na cozinha, discussões de grupo e avaliações sensoriais; além de construir uma base para a aprendizagem ao longo da vida que o permita progredir na carreira culinária e de hospitalidade, assim como experimentar o desenvolvimento profissional através de palestras.


Durante o curso, os alunos irão explorar uma ampla variedade de vegetais, frutas, nozes, sementes, grãos e leguminosas, e com isso, adquirir conhecimento especializado sobre os ingredientes como um todo, aproveitar o alimento em sua totalidade. A iniciativa foi criada para fornecer culinária especializada para a crescente demanda da população vegana e vegetariana. O programa que é formado por 6 módulos presenciais, além do online, é voltado para pessoas que têm interesse em culinária à base de plantas. Vale ressaltar que não é exigida experiência prévia na área. A duração do curso é de 8 meses, sendo 360 horas presenciais e inclui material didático, uniforme e kit de faca profissional. Apenas é exigido o Ensino Médio completo ou documento equivalente e idade a partir de 18 anos. Estudar na Le Cordon Bleu é aprender com os mais experientes profissionais do mercado, o investimento perfeito para ser um profissional altamente capacitado no segmento da gastronomia.



Serviço:

Diplôme Plant Based

Endereço: Rua da Passagem, 179, Botafogo – Rio de Janeiro

Telefone: (21) 3189-3450


PER VIVERE BENE

Comments


Revista Per Vivere Bene

bottom of page