logoPPVBprpetohor.png

Saiba o que é Cura Reconectiva e Reconexão - Entrevista com Malu Nóbrega

Existem muitos recursos integrativos que nos trazem equilíbrio e autoconhecimento, a meditação, a limpeza energética através dos cristais, o alinhamento energético. Vamos conhecer mais profundamente o nosso campo vibracional ou mais conhecido como nosso corpo energético? A Cura Reconectiva e a Reconexão, são dois recursos com objetivos distintos mas que utilizam a mesma freqüência. Essa frequência é formada por um conjunto de energias que batem numa determinada frequência, a frequência da Cura Reconectiva. Nesse campo você entra em contato com a sua capacidade de autocura, você entra em contato com o que já é a nível essencial. Segundo o criador Eric Pearl, a Cura Reconectiva é um restaurador do equilíbrio dos níveis, físico, emocional, mental e espiritual e em níveis que desconhecemos. Já a Reconexão é um expansor de consciência, um alavanca do processo evolutivo da sua existência, que nos que permite ativar as nossas potencialidades".

Na verdade, se eu percebo que tudo que o universo oferece, que tudo está disponível para mim e para todo mundo, isso nos torna iguais.

Conversamos com Malu Nóbrega, Psicoterapeuta Evolutiva, há 32 anos no mercado, sempre trabalhando com recursos integrativos, antes ditos holísticos. É Fisioterapeuta e Professora de Educação Física de Formação. Em 2012 iniciou seu trabalho junto ao Dr. Eric Pearl como mentora e desde 2018 é a única Instrutora da Reconexão e depois da Cura Reconectiva no Brasil. Os treinamentos são feitos duas vezes ao ano e em 2021 será em Março e Novembro em São Paulo.


" Dr Eric Pearl foi a porta dessa frequência no planeta, para ele que era uma médico e sem experiências desse tipo, foi bastante intrigante quando os pacientes dele começaram a relatar coisas como: Toques no corpo sem que as mãos dele os tocassem, começaram a ver luzes cores, relatos de curas que não poderiam acontecer através da quiropraxia, e num determinado momento durante 3 meses, 50 pacientes dele repetiam as mesmas 6 frases sem nunca terem se encontrado uns com os outros. Isso tudo levou ele a buscar pesquisadores, nos USA e na Europa e ao descobrir que era uma frequência ainda desconhecida pelos pesquisadores entre outras coisas, percebeu que poderia ensinar isso a outras pessoas. Daí nasceu a Cura Reconectiva e logo depois a Reconexão.


Malu Nóbrega relata que a Cura Reconectiva promove o reequilíbrio de todo o sistema e isso abre o potencial de auto cura de cada um, muitas vezes a cura é o que a pessoa esperava, mesmo isso não sendo o objetivo da Cura Reconectiva. " O objetivo é equilibrar a pessoa em todos os níveis, físico, mental, emocional e espiritual, levando a pessoa ao seu caminho de autocura."


“Durante o atendimento não direcionamos a frequência com uma intenção, nem no praticante, nem o cliente devem ter uma intenção. O único foco como praticante e cliente deve estar no RECEBER a frequência, e no campo vibracional unificado o processo acontece em total sintonia com a abundância universal. Um dos pontos filosóficos importantes sobre o trabalho, como o Dr Eric sempre diz e nos ensina é que já somos o bastante, e temos que acessar essa informação dentro de nós mesmos, a Cura Reconectiva é um facilitador dessa percepção. Para ele temos que sair do lugar do doador para experimentar o transbordamento em nós e com os outros e assim sair da falta para a abundância que está presente em tudo que É.


Na verdade, se eu percebo que tudo que o universo oferece, que tudo está disponível para mim e para todo mundo, isso nos torna iguais. O que falta nesse caminho é o perceber isso, e assim eu me mantenho em equilíbrio vivendo no mundo, independente do que o mundo está me oferecendo", explica.

se eu percebo que tenho tudo que o universo oferece, que está disponível para mim e todo mundo, isso nos torna iguais.

Para Malu Nóbrega, quando você percebe isso e entra em contato com o que realmente é com a fonte que tudo permeia, não existe a falta.”Uma vez que o campo é unificado, ou seja, se eu estou na sintonia com o cliente, esse campo unificado recebe a mesma informação, eu e ele. Se ao entrar em contato com o que é em abundância, e mesmo assim me sinto infeliz, é um sinal que não consigo ainda perceber isso, não consigo perceber o que eu sou, e o que eu sou é pura luz e estou neste campo vibracional unificado. Se eu não consigo ainda perceber isso, eu posso viajar em todos os papéis e condições que eu vou continuar na falta, esse é ponto.


"Você acessa sua essência entrando em contato com a frequência da Cura Reconectiva, e muitas pessoas se autocuram ao acessarem esse campo vibracional. Na hora que você entra nesse campo, as coisas se abrem para o seu processo de autocura ou não, isso não é vontade, isso acontece diferentemente para cada pessoa“.


Como funciona? Segundo Malu Nóbrega, o atendimento da Cura Reconectiva com essa tem a duração 30 minutos. O cliente e o praticante devem se colocar como recebedores nesse momento. o Objetivo da Cura Reconectiva não é curar uma doença, por isso não é um Tratamento nem uma terapia que o cliente tem que vir por semanas até se curar, o objetivo é o retorno a um estado de equilibrio. A pessoa pode fazer de 1 a 3 sessões, as vezes mais, em dias seguidos, presencialmente ou a distância.


"A Reconexão é uma abordagem que é feita com a mesma freqüência da Cura reconectiva, e o objetivo é alavancar o processo evolutivo da pessoa, é um realinhamento ao verdadeiro propósito da existência de cada um. O que fazemos é redesenhar uma nova roupa magnética no corpo da pessoa, sem toque e religar a malha planetária, e consequentemente a malha universal. Esse trabalho é feito em dois dias uma única vez na vida.

Reconexão tem como objetivo alinhar o propósito de vida. Quando a pessoa já está alinhada, isso é expandido, ficando mais acessível os recursos que ela precisa para realizar isso. A vida fica mais fluída. Se a pessoa está fora do caminho da sua alma, ela é realinhada ao seu caminho verdadeiro. Viemos aqui para isso, tocar a música da nossa Alma, o como não importa.


Obrigada, Malu!


Revista Per Vivere Bene

Copyright © Per Vivere Bene, 2019