top of page
logoPPVBprpetohor.png

Evento Primavera Cultural Vida Liberta acontece no Museu da República, dias 2 e 3 de setembro

Poetas, músicos, atores, dançarinos, fotógrafos e artesãos ocupam Museu da República na Primavera Cultural Vida Liberta

O evento Primavera Cultural Vida Liberta acontece no Museu da República, dias 2 e 3 de setembro, e traz a atriz Julia Oristânio capitaneando o Cyber Sarau e o fotógrafo André Arruda ministrando a oficina de fotografia “Fotos Boas com Celular”. Para as crianças, o grupo de recreadores da educadora Juliana Oliveira promoverá contação de histórias, oficina de bola de sabão gigante e plantio de sementes com argila. Para arrematar, gastronomia inclusiva com versões vegs e venda de produtos originais de cosméticos naturais, moda masculina, feminina, infantil, artigos para pets e artigos de decoração.

A Vida Liberta acontece desde 2016 com a proposta de fortalecer o empreendedorismo consciente e de criar um espaço de troca e aprendizagem sempre privilegiando as atividades culturais em eventos com muita diversão. Daí a escolha pelo Cyber Sarau e o tema Primavera Cultural.



“O Cyber Sarau nasceu na época da pandemia, em um momento onde as pessoas estavam em casa e muitos artistas impossibilitados de se apresentar. É um sarau democrático que já aconteceu online vinte vezes e presencialmente em duas edições. Esta será a terceira. Somos um grupo com 10 artistas fixos e outros que variam a cada edição”, explica a atriz, bailarina e instrutora de yoga que se descobriu também escritora e vem exercendo seu talento literário.

O fotógrafo profissional André Arruda fará oficinas de fotografia ao ar livre com uma hora e meia de duração. Com o tema “Fotos Boas feitas com Celular”, Arruda vai ensinar técnicas de luz e enquadramento. André tem como base o fotojornalismo que exerceu no Jornal do Brasil, em O Globo e na revista Época É autor do livro de retratos “100 Coisas que Cem Pessoas Não Vivem Sem”.





PER VIVERE BENE

Revista Per Vivere Bene

bottom of page