top of page
logoPPVBprpetohor.png

É tempo de Cacau! Conheça os benefícios do nutriente do chocolate e onde degustar na Páscoa


Neste domingo de Páscoa, chega na casa de muitas pessoas, não só os rituais ancestrais e as tradições da religião católica, como também, a principal matéria-prima para a fabricação do chocolate, o cacau.


Chocolate é delicioso, faz bem e todo mundo adora. Por isso, também é importante conhecer os benefícios desse alimento, como, quando e qual melhor chocolate comer, para usufruir da melhor maneira os nutrientes e gorduras encontradas nele. A forma mais comum de consumir cacau é através do chocolate, mas é necessário ficar atento à concentração de cacau, que pode variar de chocolate para chocolate. Quanto maior a concentração de cacau, como é o caso do chocolate amargo e meio amargo, maiores são os benefícios para a saúde.


Segundo a nutricionista Fernanda Larralde, especializada em Nutrição Esportiva, Saúde da Mulher e Fitoterapia, formada em Coaching Nutricional e palestrante, parceira da Bio Mundo (rede de lojas de produtos naturais e nutrição esportiva, referência em oferecer saúde e bem-estar), o consumo regular de cacau pode proporcionar muitos benefícios à saúde, ajudando a melhorar o humor, a circulação sanguínea, a regular o açúcar no sangue e a proteger o coração graças às suas propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes.


"O cacau possui um alto teor de flavonoides, principalmente epicatequinas e catequinas, compostos com propriedades antioxidantes. O ideal é consumir o chocolate em uma proporção adequada para obter os benefícios, que seria 2 colheres de chá de cacau em pó por dia ou 40g de chocolate amargo, o que equivale a cerca de 3 quadrados," acrescenta Fernanda.


Alexandra Corrêa de Freitas, nutricionista e professora do curso de Nutrição da Faculdade Santa Marcelina, diz que o consumo moderado do chocolate aumenta a função do óxido nítrico do corpo, reduzindo a pressão arterial e aumentando o fluxo vascular. “O cacau proporciona muitos benefícios à saúde pois tem propriedades antioxidantes, redução da pressão arterial, melhora no fluxo sanguíneo, controla nos níveis de insulina e colesterol, melhora na cognição, aprendizagem e memória e traz sensação de bem-estar, devido ações de hormônios como endorfina e da dopamina, que são produzidos com o consumo do chocolate”, disse.


A nutricionista complementa que para obter os diversos benefícios que o chocolate proporciona, recomenda-se o consumo diário ou no mínimo de 3 a 5 vezes por semana, de chocolates com maior concentração de cacau, sendo ideal aqueles que possuem no mínimo 70% cacau. “A quantidade aconselhada deve ser de 30g ao dia, o que seria equivalente a 2 a 3 quadradinhos das barras de chocolate. É realmente importante atentar-se à quantidade e tipo do chocolate escolhido, pois em excesso pode aumentar os níveis de glicose e colesterol no sangue, favorecer o ganho de peso e com isso, aumentar o risco das doenças cardiovasculares”, explica.



Vamos falar de guloseimas?


Os chocólatras de plantão vão pirar ainda mais com as criações do Cardin, bistrô carioca, que oferece a Pipoca Crocante de Chocolate (R$22), Coelho Recheado de Nhá Benta (R$45), Ovo Dragê feito com blend de amargo e ao largo (R$90, 350g) e o Ovo com casca recheada de Nutella (R$110, 500g), Já na Fare Trattoria, situada na Gávea, o destaque fica para a Pizza Ferrero Rocher, feita com Nutella, bombom Ferrero Rocher, finalizada com farofa de nozes e raspas chocolate amargo (R$ 49,00) e a Pizza Kit Kat, elaborada com Nutella, Kit Kat e finalizada com raspas chocolate branco (R$44,00).


A Éclair, um café sensorial localizado no BarraShopping, lançou um cardápio especial para a sua primeira Páscoa preparado com chocolates Callebaut, renomada marca belga. Para o feriado, Milena Sá, idealizadora da Éclair, criou a Seleção Callebat (R$30 cada) com quatro opções de éclairs: Chocolate branco (mousse de chocolate branco Callebaut com pedaços de chocolate), Chocolate amargo +70% (mousse de chocolate amargo + 70% com pedaços de chocolate), Chocolate Ruby (mousse de chocolate Ruby com pedaços de chocolate Ruby), Chocolate de caramelo Gold com flor de sal (mousse de chocolate de caramelo com flor de sal e cobertura de caramelo e flor de sal).


Além disso, outra novidade é a Mini Paris Brest Pascoal (R$60) feita com mousse de chocolate com cobertura de chocolate branco e Nutella, decorada com ovinhos de chocolate.



Vamos saber os 10 benefícios para quem faz uso do cacau na alimentação?

1 - Reduz a pressão sanguínea

O cacau pode ajudar a baixar a pressão arterial, pois afeta a produção de óxido nítrico, que está diretamente associado ao relaxamento dos vasos sanguíneos.

2 - Reduz a inflamação

Como o cacau é rico em antioxidantes, é capaz de reduzir os danos celulares causados pelos radicais livres e a inflamação. Além disso, alguns estudos mostram que o consumo de cacau reduz a quantidade de proteína C reativa no sangue, um indicador de inflamação.

3 - Reduz o risco de diabetes

Alguns estudos mostram que o cacau pode retardar a digestão de carboidratos no nível intestinal, além de proteger as células responsáveis pela produção de insulina no pâncreas e melhorar a secreção de insulina. Também pode reduzir a resistência à insulina, auxiliando na redução do risco de diabetes.

4 - Previne a demência

O cacau é rico em teobromina, um vasodilatador que promove o fluxo sanguíneo para o cérebro e ajuda a prevenir doenças neurológicas, como a demência e o Alzheimer. Além disso, o cacau é rico em selênio, mineral que ajuda a melhorar a cognição e a memória.

5 - Previne a anemia

O cacau é rico em ferro, que pode ajudar a prevenir a anemia. O ferro é necessário para formar a hemoglobina, componente dos glóbulos vermelhos que é responsável pelo transporte de oxigênio pelo corpo e costuma ser encontrado em quantidades menores quando há o diagnóstico de anemia.

6 - Previne a trombose

O cacau é rico em flavonoides, que melhora a circulação sanguínea e reduz o risco da formação de coágulos no sangue.

7 - Melhora o humor

O cacau ajuda a melhorar o humor e combater os sintomas da depressão e ansiedade, pois é rico em teobromina, cafeína, feniletilamina e tiramina, um precursor do triptofano, também precursor da serotonina, um neurotransmissor envolvido na regulação do humor, frequência cardíaca, sono e apetite.

8 - Ajuda a regular o colesterol

O cacau é rico em antioxidantes que ajudam a prevenir o depósito de gordura nos vasos sanguíneos, evitando a formação de placas ateroscleróticas e doenças cardiovasculares.

9 - Regula o intestino

O cacau é rico em flavonoides colônicos e catequinas, que podem aumentar o número de bifidobactérias e bactérias do ácido lático, que são bactérias boas e possui efeito prebiótico e melhora a função intestinal.

10 - Ajuda a controlar o peso

O cacau ajuda a reduzir a absorção e a síntese de gordura. Seu consumo aumenta a saciedade, pois eleva os níveis de insulina, mas esse benefício está associado principalmente ao chocolate amargo, não ao leite ou ao chocolate branco, que em sua composição tem maior teor de açúcar e gordura e muito pouco cacau.

Onde encontrar as guloseimas:


Instagram: @cafecardin

Site/e-commerce: www.cafecardin.com.br


Instagram: @faretrattoria


Instagram: @eclairbarrashopping




PER VIVERE BENE

Commentaires


Revista Per Vivere Bene

bottom of page