top of page
logoPPVBprpetohor.png

Comemore o Dia Mundial do Veganismo tomando um bom vinho

O Dia Mundial do Veganismo é comemorado em 1º de novembro. No universo dos vinhos veganos, a ética e a sustentabilidade se entrelaçam com a arte da vinificação. Para ser considerado um vinho vegano, o rótulo deve ser produzido sem o uso de qualquer ingrediente de origem animal, desde o cultivo das uvas até o engarrafamento final.


Atenção: Para que um vinho seja vegano, é necessário que ele não utilize ingredientes de origem animal durante o processo de clarificação. Viticultores que produzem vinhos veganos e os submetem pelo processo de clarificação utilizam a bentonita no lugar dos insumos animais.



Mas como reconhecer esses vinhos?

Em homenagem a data, o sommelier Sérgio Cruz, da Cantu Grupo Wine, traz algumas dicas e destaca rótulos para os veganos que não abrem mão de um bom vinho. “A primeira dica é o consumidor ficar atento aos rótulos que apresentam expressões como ‘não filtrado’ ou ‘unfiltered’, indicando que o vinho não passou por processos de filtração e, consequentemente, não teve contato com ingredientes de origem animal”, explica o especialista.

A vinícola Família Torres, na Espanha, produz o espetacular Torres Esmeralda Branco. Elaborado a partir das uvas Moscatel e Gewürztraminer, este vinho vegano é uma verdadeira jóia. Sua frescura e elegância são percebidas logo no primeiro gole, com notas de maçã verde, lichia e flores brancas dançando no paladar, e um sutil traço de mel que o torna irresistível.

Depois seguimos para o Chile, onde a Viña Ventisquero apresenta o Ventisquero Queulat Gran Reserva. Este vinho, uma combinação de Cabernet Sauvignon, Syrah e Petit Verdot, impressiona com sua presença marcante. Um período de doze meses de maturação em carvalho francês lhe confere aromas de cereja, ameixa e um toque sublime de baunilha. Uma escolha perfeita para os apreciadores de tintos encorpados e que estão em busca de rótulos veganos.

Já para os apaixonados por vinhos de Portugal, o sommelier destaca a Vinícola Opta, que nos brinda com o Opta Dão Tinto. Este vinho, um blend de uvas Touriga Nacional, Alfrocheiro e Syrah, exibe um corpo médio e uma intrigante mistura de especiarias, como groselha, amora e notas de café. É uma escolha que celebra o caráter único dos vinhos portugueses. Sergio Cruz recomenda esses vinhos como exemplos notáveis da diversidade dos rótulos veganos disponíveis no Brasil e importados exclusivamente pela Cantu Grupo Wine. Um brinde a um estilo de vida consciente neste Dia Mundial do Veganismo!


Outra boa opção para quem não quiser errar, são os sites e comunidades, como o Barnivore, nos quais os próprios veganos cadastram produtos que possuem, ou não, ingredientes de origem animal. Normalmente, eles incluem uma declaração das empresas viticultoras, explicando quais dos seus rótulos são adequados para o público vegano.


Onde comprar:



PER VIVERE BENE


Comentários


Revista Per Vivere Bene

bottom of page