logoPPVBprpetohor.png

Saiba como fazer um Pooja e montar o altar em sua casa

No mês de abril, entre os dias 13 e 21, a India comemora um festival hindu muito importante chamado Chaitra Navratri, que durante os nove dias do festival, os devotos oram para nove avatares diferentes da Deusa Durga. Paralelamente, Ghatasthapana é realizado, que é a invocação da deusa Shakti. Chaitra significa o início de um novo ano. Assim, o ano novo começa com nove dias voltando-se para dentro; oração, meditação e canto.


O termo Navaratri significa "nove noites" em sânscrito (nava = nove; ratri = noites). Para a comemoração desta data, a monja Kritika oferece uma oportunidade para vivermos um pooja ou Puja, juntos com o Pandita ( refere a um hinduísta, quase sempre um brâmane, que memorizou uma significativa parte dos “Vedas” junto com os correspondentes ritmos e melodias, cantando e entoando os mesmos, também conhecidos como "padres" ) direto da India pelo zoom.


" Pensei em dar a oportunidade para vocês no Brasil participarem ao vivo pelo zoom de um verdadeiro ritual indiano. Vocês enviam o nome de suas famílias, e durante o Pooja (cerimônia) eu traduzo e explico cada ato feito e no caso estarei representando cada um de vocês fisicamente", explica Kritika, que destaca que o mais será a participação de todos onde repetirão os mantras e os nomes dos seus familiares.

Em momentos tão difíceis acredito que a conexão dom o Divino pode nos trazer paz ao meio do caos. Nós ajuda a ter mais empatia, paciência e gratidão.

"Que os 9 avatares de Maa Durga abençoem você com 9 qualidades - poder, felicidade, humanidade, paz, conhecimento, devoção, nome, fama e saúde".


O que é Pooja?


Pooja é o ato de mostrar reverência a um Deus, um espírito ou outro aspecto do divino por meio de invocações, orações, canções e rituais. Uma parte essencial do puja para o devoto hindu é fazer uma conexão espiritual com o divino. Na maioria das vezes, esse contato é facilitado por um objeto: um elemento da natureza, uma escultura, uma pintura ou uma gravura.


"Posso citar exemplos do Pooja (cerimônia/oferenda/ritual), que envolve um Abhishek (banho de água, leite) para o Shivalinga (representação do Senhor Shiva) e também um cerimônia ao fogo, pedindo saúde e prosperidade, nessa cerimônias também honramos outras deidades (Ganesh, Lakshmi, Kali por exemplo)"


Onde o pooja é realizado?


Os hindus geralmente conduzem poojas em santuários em três ambientes diferentes: em templos, em casa e em espaços públicos ao ar livre. É igualmente comum que qualquer uma das divindades seja adorada em qualquer um desses três tipos de santuários.


Quais os benefícios do Pooja?


A adoração ao Senhor purifica o coração, gera vibrações harmoniosas, estabiliza a mente, purifica e enobrece as emoções, harmoniza nosso, corpo, mente e alma, eventualmente, leva à comunhão, companheirismo ou realização de Deus. Pooja ajuda o devoto a sentar-se perto do Senhor ou a ter comunhão com ele. Ele preenche a mente com amor puro pelo Senhor.


Ele gradualmente transmuta o homem em um ser divino. Em momentos tão difíceis acredito que a conexão dom o Divino pode nos trazer paz ao meio do caos. Nós ajuda a ter mais empatia, paciência e gratidão.


Importante enfatizar que o silêncio tem extrema conexão com esse momento de se conectar com o divino através da gratidão.


O que não pode faltar no seu altar em casa para realizar o Pooja:


Um símbolo - escolha a sua deidade que pode ser simbolizada através de foto, estátua ou objeto que represente o Divino, independente de sua crença.


Luz - Através das velas acesas, decore o seu Puja com candelabros, porta-velas ou velas perfumadas. Pode usar uma lamparina onde será colocada em círculos na cabela da deidade. Ela significa que a vida é como uma ‘luz’, de qualquer forma que você virar o fogo, sua direção é sempre para cima. Similarmente a direção da vida também deve ser sempre para cima e movendo em torno do divino.


Incensos - O incenso na India é chamado de Dhupa, e é utilizado tradicionalmente nas orações para que o senhor Vayu ( Deus dos ventos ) eleve as intenções a um plano superior.

Durante o Puja, os incensos são colocados nos pés das deidades.


Desejando a você e sua família um feliz Navratri!

Flores - Sinal de honra e devoção a um santuário ou figura religiosa, na tradição hindu não é diferente, as deidades são cobertas de flores dos pés a cabeça, tanto em altares domésticos quanto em Mandir ( templos ). Variadas guirlandas também fazem parte dos Pujas (oferendas devocionais) e são colocadas no entorno da deidade. Elas geralmente são feitas de crisântemos ou pétalas de rosas, havendo todo um preparo e confecção das guirlandas antes de datas comemorativas relacionadas à deidade. As flores oferecem uma atmosfera especialmente limpa, fresca e positiva. É dito que, na atmosfera, as deidades costumam existir em sua própria frequência e são atraídas pela frequência de determinadas flores.

A frequência das flores oferecidas em puja, atrai a frequência da deidade. Esta frequência é chamada de Pavitrak ( partícula divina sutil da Consciência Divina ).


Água - A água é para lavar seus pés e mãos, para beber, purificar-se e pode ser colocada em uma bacia com as flores ou no copo.


Frutas e alimentos - Após oferecer as frutas e alimentos a deidade, todo o alimento é distribuído aos familiares e amigos presentes no ritual.


" Na questão ritualística, mas gosto de dizer, que o que não pode faltar é a intenção de conectar com o amor puro do Divino. Não importa o que você tem ou não para oferecer fisicamente, mas sim o que você sente e como se conecta com a energia superior. Então monte um altar da forma que te faz feliz, ou apenas crie um altar na sua mente e faça seu Puja.


Tudo que usamos fisicamente, as fotos, os incensos e as velas são para nos ligar mais e ajuda na conexão, mas Deus não faz questão de nada além de seu amor verdadeiro. O que vale é a intenção".


Revista Per Vivere Bene

Copyright © Per Vivere Bene, 2019