logoPPVBprpetohor.png

Esperança... por Stella Rebecchi

Falando sobre Esperança


Por Stella M Rebecchi

2021


Sentimento de quem vê como possível a realização daquilo que deseja; confiança em coisa boa; fé.

Religião: uma das três virtudes teologais ao lado da fé e da caridade. Zoologia: é um inseto vede, a cor da Esperança.

Que também é a cor do chackra cardíaco, dos raios do Arcanjo Rafael, o arcanjo da cura, juntamente com a esmeralda, também a pedra da cura.

Tenho esperança. Tenho esperança em tempos mais brandos, num mundo com mais justiça, consciência, compreensão, generosidade, amor verdadeiro.

A Esperança é um estado de mente e coração, é um sentimento que encontramos com certo esforço em momentos muito escuros e doloridos. Um sentimento que deriva da fé, de acreditar, de ter firme convencimento.


Tenho esperança. Tenho esperança em tempos mais brandos, num mundo com mais justiça, consciência, compreensão, generosidade, amor verdadeiro. E fé que tudo está tentando mudar para o Bem. Só depende de nós. Sim, só depende de nós. Percebo um tempo muito complicado, onde parece que o Mal está prevalecendo. Será que estamos mesmo em tempos de Kali Yuga?* Tudo está parecendo ao contrário, onde era assim virou assado, onde era isso, virou aquilo. O que era de um jeito está de outro. Gente também! Precisamos tomar muito cuidado para não nos contaminarmos pelas coisas ruins da nova normalidade, o novo normal, porque está destruindo os verdadeiros valores do amor, da fé e da esperança, da família, do amor, da alegria. Eu escrevi pelas coisas ruins do novo normal. Existem boas.


Nem sempre as notícias que ouvimos estão baseadas em fatos verdadeiros. Dependendo dos noticiários, há uma tendência ao exagero, de fazer grande terrorismo, inventar, mentir. Há muitas notícias falsas, deixando-nos perdidos, tontos e desesperançados. Isso tudo é mundial e está contribuindo para acontecer o que está acontecendo.


Temos que quebrar esse paradigma. O mundo está um milhão por cento melhor do que era em alguns séculos passados. Só no Brasil a expectativa de vida que era de 65 anos em 1960, agora é de 73! Foi mais, porém perdeu para a Covid. Tecnologia, medicina, agricultura, e mais, evoluíram para nos trazer melhor condição de vida. Inclusive diminuiu a pobreza e há muitos que não sabem e nem acreditam. Precisamos nos instruir mais, procurar a verdade mundial, mudar o pensamento para criar verdadeiramente um mundo melhor. Se continuarmos a reclamar, a ficarmos parados na TV e nos celulares, nos conectando com as notícias inúteis, mortes pelas doenças, assassinatos, acidentes, sangue, maldade como um todo, miséria, crueldades, dos políticos que xingamos, vamos continuar a contribuir para esse mundo caótico e assustador.

O mundo mudou tanto para melhor que são incontáveis as ações beneficentes, como um pequeno exemplo, Médicos Sem Fronteiras, e muitas outras mais. Incontáveis também os grupos se unem para meditação, reflexões, trabalhos de integração, orações. Os canais de Youtube, whatsapp, Instagram, podcast, estão entupidos de gente falando, falando, até de cuspe à distância, dando aulas, palestras, que me deixam até tonta! Só não aprende mais quem não quer.

Você não precisa acreditar no que penso, essa é minha opinião.

Quando conseguirmos nos conectar com coisas do Bem, que veem do Deus de meu coração e que podem vir do seu, com as mais singelas e simples coisas, que algumas pessoas chamam de pieguice, tipo flor, árvore, pedras, conchas, cachorro, lagartixa, criança, etc.


Quando conseguirmos ter atenção total à verdade do fundo do coração da pessoa ao lado, na fila, no metro, do amigo, da empregada, filho, marido, netos, etc. Prestar atenção na Natureza, andar descalça na areia, na terra, na grama, na lama...


Perceber que o canto do Sabiá está prevendo a chuva, e quando um fado na voz do cantor lembra fatos de alegria e leva ao pranto...Coisas simples. Gratidão, impossível não ter, temos o dever de ter, Gratidão.

Passamos a ter um novo sentido de vida e consequentemente a Esperança. Começamos a atrair pessoas na mesma vibe, na nossa vibração cada vez mais e é impressionante como a internet promove isso. Em um segundo, mais e mais pessoas com o mesmo pensamento entram na nossa história e nos fortalecem. É dessa forma que podemos ter mais fé e esperança.Esperança sempre, na nossa cura, que é em nós que está a cura do mundo, é nossa essa responsabilidade.


*Kali Yuga – período que aparece nas Escrituras Hindus


Stella Maria nasceu na cidade de São Paulo em 1946 e mora no Rio de Janeiro desde 1975. É casada, teve três filhos, hoje tem um, e cinco netos.


Tem formação em Terapia Corporal Transomática pelo Instituto Brasileiro de Biossíntese, e em Aconselhamento em Dependência Química, inclusive tabaco. Tem formação prática em RIGOLOGIE® pela L’Ecole Internationale du Rire et du Bonheur – La Rigologie® au service du bonheur, Frontignan, França.


Recebeu certificado de Rigoloterapeuta® e representante desta escola aqui no Brasil. Técnicas Rigolôs® são usadas em seus trabalhos, cartilhas e palestras, chamando a atenção por serem lúdicos apesar de temas sérios de interesse coletivo.


É palestrante na área da saúde, principalmente sobre compulsões. Stella é autora do livro de poesias Terra Roxa (Edições Trote/1985 – esgotado) e de Fundo do Céu – do fundo do poço à conquista da sobriedade (Editora Jaguatirica/2014), seu primeiro romance. Ambos são assinados com seu nome completo: Stella Maria Barros Rebecchi.

Revista Per Vivere Bene