top of page
logoPPVBprpetohor.png

Saiba aromatizar saladas, bebidas e doces com óleos essenciais

Os aromas estão presentes em todos os momentos da nossa vida, enquanto comemos, andamos na rua, passamos cremes no corpo e frequentamos a natureza. Muitas vezes, é pelo aroma que nós vamos até o passado na nossa memória afetiva para descobrir momentos de felicidade genuína. Você já usou óleo essencial no preparo dos alimentos?



Enquanto alguns óleos essenciais podem ajudar no processo digestivo, como o óleo de hortelã-pimenta que combate a flatulência; e o de alecrim age sobre o fígado, estimulando o fluxo da bile, que ajuda a digestão. Outros, entre os quais o de tangerina, ajudam a estimular o apetite. Para alguns especialistas os óleos essenciais são obtidos por meio de técnicas de extração. Produtos 100% naturais extraídos de folhas, raízes, sementes, frutos, flores e troncos, e por isso podem ser consumidos.




Conversamos com a DoTerra, empresa de bem-estar, líder mundial do mercado global de aromaterapia e óleos essenciais, que possui produtos para diversos usos, um deles é no preparo dos alimentos. A linha Aroma Natural da dōTERRA® é composta por cerca de 30 óleos essenciais para ingestão. Eles não só proporcionam um sabor especial em qualquer refeição, como também são uma maneira segura e natural de condimentar os alimentos. A utilização pode ser feita como substituição de certos temperos.

Óleos essenciais Patchouli e Gerânio, já conhecidos na perfumaria e por suas propriedades benéficas para pele e equilíbrio das emoções, agora são as novidades em Aromas Naturais dōTERRA®, para ingestão e uso culinário. O Patchouli é uma erva arbustiva da família da menta, com hastes que chegam a 60-90 cm de altura, com pequenas flores róseo-esbranquiçadas. Facilmente reconhecido por seu aroma doce e almiscarado, o Patchouli é frequentemente utilizado na indústria de perfumes, assim como em produtos como detergente para roupas e aromatizadores de ambiente. O aroma do Patchouli possui, ainda, um efeito equilibrador nas emoções. Na indústria e na culinária, o Patchouli também tem aplicações. As folhas frescas são usadas como tempero e saborizante de bebidas. Adicione uma ou duas gotas na água ou no suco. Use também na salada ou em suas receitas preferidas (uma gota para cada 100 ml de líquido).




Já o óleo essencial de Gerânio, que tem sido usado para promover a aparência de uma pele radiante, o que o torna ideal para produtos de pele e cabelo, são membros do gênero Pelargonium de espécies de flores, são cultivados por sua beleza e como um dos produtos básicos do setor de perfumaria. Embora existam mais de 200 variedades diferentes de flores de Pelargonium, apenas algumas são usadas como óleos essenciais. A utilização do aroma natural de Gerânio remonta ao antigo Egito. Na época vitoriana, as folhas frescas de Gerânio eram colocadas em mesas de jantar formais como peças decorativas e para serem consumidas como um raminho fresco, se desejado. De fato, as folhas comestíveis e as flores da planta são frequentemente usadas em sobremesas, bolos, geleias e chás. Pode ser usado como aromatizante em bebidas ou confeitos, com perfume similar à água de rosas, com toque herbáceo, verde, floral, doce e seco. São ótimos aromatizantes para chás, sorvetes e caldas. A recomendação de uso é a diluição de uma gota para cada 100 ml de líquido.


É importante ressaltar que nem todos os óleos essenciais podem ser utilizados para essa finalidade e que, apesar dos benefícios na alimentação, é preciso ter cuidado nas dosagens. Por isso é importante sempre estar atento ao modo de uso do produto.


O Per Vivere Bene adverte: Muito cuidado com recomendações de ingestão: óleos essenciais são altamente concentrados e podem causar prejuízos se ingeridos de maneira inadequada.

A automedicação deve sempre ser evitada, e conversar com um profissional especialista em fitoterapia é altamente recomendado antes de fazer o uso na digestão de óleos.

Comments


Revista Per Vivere Bene

bottom of page