logoPPVBprpetohor.png

Conheça o projeto de dança e yoga para pessoas com dificuldades motoras

O corpo pede movimento e muitas vezes grita sem ser escutado. E é nele onde podemos expressar emoções, sentirmos livres e transmutar uma crença. Com a proposta de reunir o corpo e o movimento num trabalho integrativo, Monica Mantuano e Beatriz Baranowski, lançam numa aula aberta dia 5 de março, o projeto Dançando Possibilidades, para pessoas com dificuldades motoras.

Tudo começou quando Monica entrou num processo de reabilitação nos pés com a professora de yoga e dança Beatriz, usando cadeira de rodas. O trabalho e o incentivo a ajudou muito a se reencontrar no mundo com seu corpo usando uma prótese.

Você precisa mover o seu corpo!


Dentro desse processo, as duas pretendem realizar um trabalho com pessoas que estão se reabilitando, no caso até por Covid. "A ideia é oferecer uma aula para pessoas que tem restrição de movimentos a muito ou pouco tempo. E juntar yoga com dança, pois a prática de yoga é um caminho de integração e trabalha a organização em torno do eixo, da coluna e muitas vezes de uma forma mais estática dando estabilidade, equilíbrio, estruturação e organização. A dança vem complementar o trabalho do yoga trazendo todo o elemento lúdico e limitado porque a dança nos permite trabalhar com uma série de movimentos livres", explica Beatriz.

A gente escolhe! Um corpo, às vezes , treinado apenas para se movimentar por uma técnica, fica restrito a outros movimentos e acaba sentindo falta. "As vezes, precisamos mover o corpo em movimentos diferentes daqueles que estamos repetindo. Durante a aula, queremos oferecer um novo vocabulário de movimentos amplos que permita um trabalho de alongamento, de coordenação motora e até aeróbico".



A primeira aula da dupla será aberta, on-line e conduzida na cadeira ou no chão. Será necessário enviar por email que tipo de limitação você está no momento: se está no chão, na cama ou na cadeira, para que possa ser oferecidas alternativas de movimento. "Precisamos conhecer um pouco que tipo de limitação/restrição a pessoa está enfrentando para podermos, dentro do possível, atender a todos"

( enviar por email beatrizbaranowski@gmail.com : pós cirurgico, fratura, torção, convalescente, amputação )

"Monica enfrentou um grande desafio de reestruturação interna e _externa_ , concreta, quando constatou que sua vida havia sido salva, mas agora teria que lidar com o uso de uma prótese para dar seus próximos passos no mundo.‍ E ela, corajosamente, os deu No dia 5 estaremos juntos trabalhando o prazer de estar no corpo, do mover-se, do expressar-se sem medo, de abraçar a vida em todas as suas possibilidades A coragem e a força para seguir em frente e inteiro(a)".

Revista Per Vivere Bene

Copyright © Per Vivere Bene, 2019