logoPPVBprpetohor.png

Autores unidos no desejo por um futuro melhor se reúnem em para lançar seus livros em conjunto


Com a temática ambiental em comum, os autores André Carvalhal, Fe Cortez, Giovanna Nader e Yamê Reis se reúnem para lançar seus livros na Junta Local, no Museu da República.


Por um mundo melhor!

Com a proposta de desenhar novos modelos de sociedade e construir novas relações partindo de ideias de sustentabilidade, desenvolvendo novas narrativas para a humanidade se reconectar à teia da vida, os escritores e ativistas ambientais André Carvalhal, Fe Cortez, Giovanna Nader e Yamê Reis se reúnem no dia 11 de dezembro para lançar seus respectivos livros numa ação conjunta nos jardins do Museu da República , Rio de Janeiro, durante a edição da Junta Local, feira fixa e itinerante que atua para revolucionar o sistema alimentar aproximando quem come de quem faz, mantendo uma plataforma de venda direta.

Lançados na pandemia de forma não-presencial, os títulos “Como salvar o futuro”, de André Carvalhal; “Homo Integralis: uma nova história possível para a humanidade”, de Fe Cortez; “Com que roupa?”, de Giovanna Nader; e “O Agronegócio do Algodão: meio ambiente e sustentabilidade” de Yamê Reis terão sua primeira sessão de autógrafos ao vivo!


Em seguida, no talk showSonhar é fazer”, os autores convidam o público a debater utopias e sonhos possíveis para o futuro. “A ideia é não ficar na narrativa da distopia, não é ficar parado achando que a gente não impacta nada”, frisa Fe Cortez, que comemora o lançamento presencial. “Conseguir fazer isso traz muita alegria. No livro eu falo sobre o coletivo e a cura das relações. A gente cura relações nos encontros, no olho no olho, na presença. Precisamos de toque, afeto e carinho, nós somos animais que vivemos no coletivo”, conclui a idealizadora do projeto Menos 1 Lixo.

Para André Carvalhal, que lançou seu livro no início deste ano e já está na segunda impressão, é primordial acontecer este encontro. “O ritual de lançamento de um livro é algo muito importante. Não só porque marca a sua chegada no mercado, mas também porque é o momento de celebrar com as pessoas que fizeram parte e estar perto das pessoas que são o motivo do livro existir: os leitores. Estou feliz de poder ter mais segurança de fazer agora, em um evento colaborativo, ao ar livre, e dentro da Junta Local, que tem tudo a ver com o conteúdo ``, comemora.

Lançando seu primeiro livro direto no evento, a socióloga e designer de moda Yamê Reis revela em sua obra, através de uma profunda pesquisa científica, como o agronegócio construiu seu discurso falsamente sustentável no Brasil. “O formato virtual não substitui o presencial porque é pouco afetuoso, da mesma forma que o livro digital não é capaz de trazer a mesma experiência de um livro físico, que também é um objeto de afeto. E fazer isso entre amigos, após dois anos de isolamento e distanciamento social, tem um gosto especial de um sonho que se realiza em todas as suas dimensões. Somos sonhadores do novo mundo

e fazedores da mudança, estamos unidos na utopia e isso nos fortalece”, declara.

Giovanna Nader afirma que está emocionada com o fato de lançar o livro entre amigos depois de tanto tempo vivendo relações virtuais. “Lançar meu livro com grandes amigos e autores de livros sobre temas tão urgentes é muito emocionante. E ainda escolhemos fazer o lançamento na Junta, local que mais condiz com esse novo mundo que queremos construir. É preciso fazer uma nova aposta de futuro. Feliz em fazer isso com toda essa gente”, finaliza.

AGENDE-SE:

QUANDO: 11 de dezembro

HORÁRIO: 14h

ONDE: Junta Local

ENDEREÇO: Jardins do Museu da República


Rua do Catete , 153 – Catete - Rio de Janeiro

ENTRADA GRATUITA

PROGRAMAÇÃO:

14h - Sessão de Autógrafos

15h - Talk Show (Apresentação dos quatro livros e ciclo de perguntas formuladas por cada autor e troca de diálogo entre os mesmos + perguntas abertas ao público)

16h - Segunda rodada de autógrafos


Revista Per Vivere Bene